No passado dia 18 de outubro, na Escola Secundária de São Pedro da Cova foram empossados os novos membros para o Executivo e Assembleia da União das Freguesia de Fânzeres e São Pedro da Cova.
Da parte do agora empossado Presidente da Junta, Pedro Miguel Vieira, foram proferidas as seguintes palavras:
"...durante os próximos quatro anos iremos dar toda a nossa dedicação e empenho, estando sempre próximos das populações para que consigamos resolver os problemas que diariamente afligem esta união de freguesias.
Continuaremos a defender e a praticar uma gestão democrática e participada com as populações, entidades (coletividades, escolas, paróquias e Câmara Municipal), envolvendo todos nas decisões para o interesse comum.
Continuaremos a defender mais e melhores serviços públicos (transportes, habitação, saúde, cultura e educação), a valorizar os trabalhadores desta autarquia, motivando-os a prestar um serviço de qualidade sempre que solicitados.
Continuaremos a apoiar o associativismo duma forma transparente e séria para que as coletividades possam continuar a desenvolver um trabalho de defesa e promoção das suas identidades e tradições.
Continuaremos a promover o projeto cultural com todos os agentes da freguesia a ele ligados, mantendo uma dinâmica que já é reconhecida por todos e mesmo fora do concelho de Gondomar.
Continuaremos a dar especial atenção à remoção dos resíduos perigosos de São Pedro da Cova, exigindo do governo o cumprimento do que está programado, para a remoção total durante o ano de 2018.
Continuaremos com o nosso projeto de criação de novos espaços verdes e a manutenção dos já existentes. Também merecerão a nossa atenção a limpeza de rios e ribeiras e daremos o nosso contributo para o melhor ordenamento florestal da freguesia e do concelho de Gondomar.
Continuaremos a exigir da Câmara Municipal uma melhor fiscalização à Rede Ambiente para que esta preste um melhor serviço de recolha de lixo e limpeza de arruamentos.
Estas são apenas algumas notas do que será a nossa atividade em defesa do bem-estar das populações, das suas tradições e patrimónios.
Não me vou alongar mais na minha intervenção.
Por último, quero deixar uma palavra de agradecimento e apreço ao Daniel Vieira, pelo excelente trabalho que desenvolveu ao longo de 8 anos como presidente, pela dedicação demonstrada à causa pública, por toda a sua inteligência e perspicácia no desenvolvimento de um trabalho que claramente deixou marcas e raízes para o futuro.
Um abraço fraterno Daniel Vieira.
Viva Fânzeres, Viva S. Pedro da Cova, podem contar connosco."
Pedro Miguel Vieira