MuseuMineiro EspadanalHistória do Couto Mineiro do Espadanal (1916-1969)
6 de março | 21h00 (inauguração)
Museu Mineiro de São Pedro da Cova

A Junta das Freguesias de Fânzeres e São Pedro da Cova e a EICEL1920, Associação para a Defesa do Património, inauguram, a 6 de março (sexta-feira), pelas  21h00, uma nova exposição no Museu Mineiro de São Pedro da Cova, que apresenta a síntese da história dos 53 anos de atividade das minas de carvão do Espadanal, sito em Rio Maior.
Exposição concebida para integrar o programa das Comemorações do Centenário da Mina do Espadanal (1916-2016), a exposição "História do Couto Mineiro do Espadanal | 1916-1969", organizada pela EICEL1920, é constituída por oito painéis cronológicos e temáticos, nos quais é descrita a evolução técnica da exploração mineira e onde  são analisadas as condições laborais, de assistência social e de habitação disponibilizadas aos antigos operários, bem como a importância da comunidade mineira para transformação sociocultural da vila de Rio Maior. Estes painéis são acompanhados por 3 grandes fotografias onde se vislumbra a fábrica de briquetes, o fundo da mina, e o Mineiro. A engrandecer a exposição, uma maqueta da Fábrica de Briquetes, onde se destaca a chaminé da central elétrica da fábrica, que representa para os riomaiorenses o mesmo que o Cavalete do Poço de São Vicente representa para as gentes de São Pedro da Cova – o símbolo da vivência mineira.