Exposições

CartazMuseu Mineiro
21 de julho e 9 de setembro
“À  Descoberta do Mundo Subterrâneo” é uma exposição de fotografia, da autoria do Alto Relevo – Clube de Montanhismo, que revela o extraordinário mundo subterrâneo do nosso território.
Esta exposição visa divulgar um património único e enigmático que tem provocado crescente curiosidade entre o público em geral e estará patente no Museu Mineiro de São Pedro da Cova entre o dia 21 de julho e 9 de setembro, com entrada livre. Visite-a!

Cavalete Exposição site 2017Junta de Freguesia de São Pedro da Cova
22 de maio a 28 de junho | 21h30
A 1 de janeiro de 1937, o Cavalete do Poço de São Vicente passa a funcionar a 100%. 80 anos depois, este Cavalete continua a ser um marco da História, não só local, mas também nacional.
Para assinalar a data a Junta das Freguesias de Fânzeres e São Pedro da Cova e o Museu Mineiro promovem a exposição temporária “CAVALETE DE SÃO VICENTE . Monumento de São Pedro da Cova | 1937-2017”.
A inauguração desta exposição realiza-se no próximo dia 22 de maio, pelas 21h30, na Junta de Freguesia de São Pedro da Cova e estará patente até 28 de junho.
Desta exposição farão parte documentos nunca antes expostos. Visite-a.
Vamos preservar a nossa História!   

Cartaz Exposição Rochas finalMuseu Mineiro de São Pedro da Cova
Inauguração a 13 de maio | 16h00

A exposição itinerante “Rochas e Minerais – Minas e Geologia Norte de Portugal” inaugura a 13 de maio, pelas 16h00, no Museu Mineiro de São Pedro da Cova e estará patente até dia 8 de julho, com entrada livre. Visite-a!
Esta exposição, que promove o potencial dos diferentes locais de relevância geológica e mineira da região Norte de Portugal, apresenta amostras de rochas e minerais das regiões de Arouca, Boticas, Gondomar, Macedo de Cavaleiros, Marco de Canaveses, Matosinhos, Montalegre, Paredes, Porto, Torre de Moncorvo, Valongo, Vila Pouca de Aguiar e Vila Real.

Rui Simões Exposição final s 115 de outubro |16h30
Museu Mineiro de São Pedro da Cova
Inaugurada a exposição de fotografia “Foi Assim Há 40 anos”.
Esta faz parte de um programa mais alargado, que visa assinalar os 40 anos sobre a produção do filme “São Pedro da Cova” de 1976, do realizador Rui Simões, produzido pela cooperativa VIVER.
Salientamos, que a produção deste filme partiu de um programa de ação do departamento governamental português, dirigido à educação de adultos, e tinha como objetivo inicial, a sua difusão através da TV, no programa semanal de quinze minutos, da Direção Geral da Educação Permanente, que por vários motivos nunca foi concretizado.

Diálogo22 de maio a 1 de outubro

Assinalando a data da ocupação dos escritórios da antiga Companhia das Minas de Carvão por parte da população local, a Junta da União das Freguesias de Fânzeres e São Pedro da Cova promove, no Museu Mineiro de São Pedro da Cova, uma exposição temporária e uma tertúlia a realizar no próximo dia 22 de maio, data que marca uma das principais ações levadas a cabo durante o Processo Revolucionário em Curso (PREC) em São Pedro da Cova.
A exposição, que inaugurará pelas 17h00, consiste na apresentação de 21 números originais de “O Diálogo”, Jornal de São Pedro da Cova, números de fevereiro de 1975 a Julho de 1977.

Duas Faces a jpg20 de fevereiro a 21 de abril

Exposição temporária “DUAS FACES”, é uma exposição de fotografia, cujo olhar atento dos fotógrafos Hugo Moura e Pereira Lopes registou, através de uma máquina fotográfica, as emoções das lembranças de alguns dos antigos operários mineiros das Minas de Carvão de São Pedro da Cova e do Pejão, respetivamente.
Não esquecendo a valiosíssima contribuição do carvão explorado nestas minas para a economia nacional, mas focando o esforço realizado pelas suas comunidades mineiras para dar resposta às necessidades de um país, apresentamos a exposição “DUAS FACES”, cujo objetivo é afirmar a importância das gentes que formaram uma nova cultura e a uma nova identidade, muito típica das comunidades mineiras espalhadas por todo o Mundo.

 

Duas Faces b jpg20 de fevereiro a 21 de abril

Exposição temporária “DUAS FACES”, é uma exposição de fotografia, cujo olhar atento dos fotógrafos Hugo Moura e Pereira Lopes registou, através de uma máquina fotográfica, as emoções das lembranças de alguns dos antigos operários mineiros das Minas de Carvão de São Pedro da Cova e do Pejão, respetivamente.
Não esquecendo a valiosíssima contribuição do carvão explorado nestas minas para a economia nacional, mas focando o esforço realizado pelas suas comunidades mineiras para dar resposta às necessidades de um país, apresentamos a exposição “DUAS FACES”, cujo objetivo é afirmar a importância das gentes que formaram uma nova cultura e a uma nova identidade, muito típica das comunidades mineiras espalhadas por todo o Mundo.

 

Anne Frank - v316 de novembro de 2015 a 9 de janeiro de 2016
A União das Freguesias de Fânzeres e São Pedro da Cova e o Museu Mineiro de São Pedro da Cova apresentam ao público dia 16 de novembro, a partir das 14h00, a exposição educativa “Anne Frank: Uma História para Hoje” que, durante o ano corrente, já esteve patente em mais de 200 lugares em todo o mundo.
Este é o um dos produtos finais de um projeto que conta com várias parcerias, às quais se juntam a União das Freguesias e a comunidade escolar de Fânzeres e São Pedro da Cova.

A partir de 24 de outubro de 2015
A Junta da União das Freguesias de Fânzeres e São Pedro da Cova e o Museu Mineiro apresentaram ao público, no passado dia 24 de outubro, pelas 16h30, a exposição de fósseis de Firmino Jesus.
Firmino dos Santos Jesus, colecionador do Lugar do Passal, São Pedro da Cova, apaixonado por trilobites, tem viajado nos últimos 30 anos numa aventura em busca de fósseis. A generosidade que lhe é conhecida entre os amigos mais próximos reflete-se na doação da sua coleção privada ao Museu Mineiro de São Pedro da Cova.
Esta exposição está agora permanente no Museu e contém exemplares de fósseis de trilobites, amonites, peixes e ouriços de vários pontos do Mundo.

23 de maio a 31 de outubro de 2015
A Junta da União das Freguesias de Fânzeres e São Pedro da Cova e o Museu Mineiro inauguram a exposição temporária "CRM”, dia 23 de Maio, pelas 16h00 no Museu Mineiro.
A exposição “CRM” tem por objetivo dar a conhecer as ações tomadas a 22 de Maio de 1975 após a ocupação dos escritórios da antiga Companhia das Minas de Carvão de São Pedro da Cova por parte da população local.
Trata-se de um conjunto de imagens e textos representativos da criação e percurso do Centro Revolucionário Mineiro.
"CRM” vai estar patente ao público até ao dia 31 de Outubro, de terça-feira a sábado, das 10h00 às 12h00 e das 13h30 às 17h30.
Recorde-se que o Museu Mineiro de São Pedro da Cova alberga parte do espólio da antiga Companhia das Minas de Carvão de São Pedro da Cova.

28 de fevereiro a 9 de maio de 2015
É uma exposição de pintura em aguarelas, dedicada ao caminho de ferro português, centrada na época em que o carvão era a matéria-prima utilizada para a produção de energia a vapor.
A exposição, organizada pela Junta da União de Freguesias Fânzeres e São Pedro da Cova e Museu Mineiro, é composta por 40 aguarelas e ilustra as estações, as locomotivas a vapor, bem como as várias profissões ferroviárias. A acompanhar a exposição estiveram expostas algumas peças de colecionadores alusivas aos temas representados nas obras. A exposição esteve patente no Museu Mineiro de São Pedro da Cova, no horário de terça a sábado, das 9h00 – 12h00 e das 13h30 às 17h30.

 

27 de setembro de 2014 a 31 de janeiro de 2015
Exposição de fotografia coletiva com base no património mineiro da freguesia de S. Pedro da Cova.
Após a realização de dois passeios pedestres pelo património mineiro, promovidos pela ARGO e concretizados pelo Museu Mineiro (atividade disponível todo o ano para grupos), que contaram com a participação de 45 pessoas, foi efetuada a recolha de várias fotografias que deram origem a à exposição. De notar que algumas das fotografias já mais poderão ser recriadas. A iniciativa foi uma parceria entre a Junta da União de Freguesias Fânzeres e S. Pedro da Cova, o Museu Mineiro de S. Pedro da Cova e a Associação Artística de Gondomar

10 de maio a 31 de Julho de 2014
Exposições itinerantes do Museu da Lucerna (Castro Verde), o qual possui a maior coleção de lucernas romanas provenientes do mesmo sítio arqueológico em todo o mundo, a maior percentagem destes objetos pertence às tradicionalmente chamadas lucernas mineiras. Na exposição foi possível encontrar uma mostra de réplicas de lucernas romanas de temática mitológica, que comprova a diversidade formal e a exuberância decorativa destes artefactos. Júpiter é a figura central desta exposição e o ponto de partida para abordar temas como as lendas fundacionais de Roma e a própria expansão do Império Romano, sob a égide do Pai dos Deuses. Para além da exposição, o Museu Mineiro de São Pedro da Cova disponibilizou ao público escolar uma atividade didática que visa explorar a temática mitológica da exposição.

18 de janeiro a 19 de abril de 2014
Desde há bastante tempo que o ser humano pesquisa o subsolo em busca de pedra, minerais e combustíveis. O problema é que quanto mais penetra na terra menos luz natural tem. No Museu Mineiro de São Pedro da Cova estiveram expostas 60 lanternas de todo o mundo, utilizadas como meio de iluminação nas minas de carvão.